O verdadeiro pai natal...


O senhor na imagem tem 98 anos, chama-se Dobri Dobrev, é Búlgaro e perdeu a audição na 2ª guerra mundial. Todos os dias ele caminha 10 Km com a sua roupa feita em casa, desde a sua aldeia até Sofia, onde passa o dia a pedir esmola. Apesar de ser muito conhecido em torno das várias igrejas daquela cidade, pela sua presença assídua, idade avançada e postura de profundo reconhecimento pelas esmolas que lha dão, só recentemente se descobriu que ela doa cada centimo que recebe (até à data, cerca de 40.000 €) para orfanatos públicos e para a restauração de monumentos nacionais. Ele próprio, tem uma pensão de 80,00 € mensais (não sei quanto é na Bulgária, mas decerto que não muito) e vive exclusivamente desse dinheiro. 

Uma das muitas figuras da História do mundo que não ficará para a história, mas bem merece, no mínimo, o nosso respeito, reconhecimento, e uma profunda reflexão sobre verdadeiro significado da palavra solidariedade - e humanidade (no seu melhor). Para terminar, só uma observação: acredito que seja feliz, muito mais que quase todos nós. Agradeço-lhe porque existe, agradeço por ter sabido que existe, agradeço porque sei que há mais e são estas pessoas assim, que podem ajudar-nos a sermos nós próprios um pouco melhores. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo comentário e solidariedade ;)